top of page
  • Foto do escritorJornal Carangola

Brasil enfrenta nova onda de calor extremo nesta semana

Temperaturas podem chegar a 45°C em algumas regiões; veja como se proteger e quais são as causas do fenômeno



O Brasil está sob o efeito de uma nova onda de calor que deve atingir diversas regiões do país nesta semana. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), as temperaturas podem ficar entre 5°C e 8°C acima da média, podendo chegar a 45°C em alguns locais. O Inmet emitiu alerta de perigo potencial para cinco estados: São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás.


A onda de calor é causada por uma massa de ar quente e seco que se formou sobre o centro-sul da América do Sul e que impede a entrada de frentes frias e a formação de nuvens de chuva. O fenômeno é agravado pelo El Niño, que aquece as águas do Oceano Pacífico e altera o padrão de circulação atmosférica, favorecendo o bloqueio das massas de ar frio.


Como e onde o calor será mais intenso


A onda de calor deve se intensificar a partir desta quinta-feira (14) e atingir o seu pico entre domingo (17) e terça-feira (19). As regiões mais afetadas serão o Centro-Oeste, o Sudeste e o Norte, onde as temperaturas podem ultrapassar os 40°C. As regiões Sul e Nordeste terão temperaturas mais amenas, mas ainda acima da média.


As capitais que devem registrar as maiores temperaturas são:

  • Cuiabá (MT) – mínima de 28°C e máxima de 43°C

  • Campo Grande (MS) – mínima de 26°C e máxima de 42°C

  • Brasília (DF) – mínima de 21°C e máxima de 38°C

  • Rio de Janeiro (RJ) – mínima de 22°C e máxima de 37°C

  • São Paulo (SP) – mínima de 20°C e máxima de 36°C


Algumas cidades do interior podem bater recordes históricos de calor, como:

  • Porto Murtinho (MS) – máxima de 45°C

  • Pereira Barreto (SP) – máxima de 44°C

  • Diamantino (MT) – máxima de 43°C

  • Corumbá (MS) – máxima de 42°C

  • Teresina (PI) – máxima de 41°C


Quais são os efeitos e os riscos do calor excessivo


O calor excessivo pode trazer diversos efeitos e riscos para a saúde, o meio ambiente e a economia. Entre eles, estão:

  • Desidratação, insolação, queimaduras, câncer de pele e problemas cardiovasculares;

  • Aumento do consumo de energia elétrica, com risco de sobrecarga e apagões;

  • Redução da qualidade do ar, com aumento da poluição e da incidência de doenças respiratórias;

  • Aumento da evaporação dos reservatórios de água, com risco de escassez e racionamento;

  • Perda de produtividade agrícola, com impacto na segurança alimentar e nos preços dos alimentos;

  • Aumento da incidência de incêndios florestais, com destruição da biodiversidade e emissão de gases de efeito estufa.


Como se prevenir e se adaptar ao calor


Para se prevenir e se adaptar ao calor, é preciso adotar algumas medidas simples, mas eficazes, como:

  • Beber bastante água e evitar bebidas alcoólicas, cafeinadas ou açucaradas;

  • Usar roupas leves, claras e soltas, além de chapéu, óculos e protetor solar;

  • Evitar exposição direta ao sol, principalmente entre 10h e 16h;

  • Buscar locais frescos, ventilados e com sombra;

  • Evitar exercícios físicos intensos ou prolongados;

  • Não deixar crianças, idosos ou animais dentro de carros fechados.


Por @alexferreira.dna | Fique de olho!

Siga @jornalcarangola⤵️


Comments


O Jornal Carangola não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens.
O Jornal Carangola se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas.
As opiniões são de responsabilidade exclusivamente de seus autores.

49.png

Parceiros

exame.png
sicredi 2.gif
2.png
mauricio padilha.png
FOTO PERFIL.png
projetilar.png
LOGOS AYA 2.png
437755017_956548816474171_2121639489067002229_n.jpg
PURO SABOR FOTO PERFIL.png
438198013_958102139652172_1147900987193066066_n (1).jpg
sinergiasolar1_1699029985861.jpeg
WhatsApp Image 2024-04-19 at 16.04.49 (1).jpeg
sicredibotucarai_1705112184178.jpeg
FOTO-PERFIL.png
jornalcarangola_1705119737294.jpeg
PERFIL.png
bottom of page