top of page
  • Foto do escritorJornal Carangola

CARANGOLA EM ALERTA: Risco de temporais em MG a partir deste sábado mobiliza até órgãos federais

Estado, Zona da Mata e Carangola está na rota de temporais, adverte Defesa Civil nacional.



O alerta conjunto foi emitido pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), pelo Serviço Geológico Brasileiro, pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) e pelo Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad). Esse último órgão trabalha inclusive em “estágio de atenção”, devido à grande quantidade de chuvas que atinge o Sudeste do país. Com isso, o Cenad articula com o governo federal eventuais ações de preparação a possíveis ocorrências de desastres naturais.


ALERTA CONJUNTO CHUVAS INTENSAS REGIÃO SUDESTE


O Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres – CENAD, com base nos documentos oficiais emitidos pelas Agências Federais de monitoramento de tempo e de riscos geo-hidrológicos, encaminha Alerta para chuvas intensas e altos acumulados de precipitação.


O avanço de um sistema frontal nos últimos dias na região Sul, que gerou um canal de umidade em áreas da região Sudeste e que deve configurar uma Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) em virtude de seu caráter permanente, estacionário e padrão de chuvas associadas, traz condições para chuvas intensas em curto período de tempo e altos acumulados no decorrer dos dias. Do ponto de vista do risco meteorológico, seguem análises geradas pelo CPTEC quanto à previsão probabilística de acumulados significativos, para, (direita) chuva maior que 50 mm entre 05/02 até 12Z 06/02 e (esquerda) chuva maior que 50 mm entre 12h de 06/02 até 12h 07/02.


Este padrão de chuvas intensas em áreas localizadas e chuvas persistentes com altos valores, traz o cenário de risco abaixo:


• Riscos previstos: Com a previsão de chuvas intensas para a região, riscos geológicos e hidrológicos serão registrados. Do ponto de vista hidrológico, a CPRM informa que as bacias monitoradas partem de uma condição favorável, ou seja, com níveis baixos para a época do ano. Mesmo assim, principalmente àquelas bacias menores, podem ter registro de cheias. Além disso, a saturação do solo traz riscos geológicos para as áreas;


• Áreas atingidas: As áreas que apresentam maior risco localizam-se entre os estados de Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro, a partir do dia de hoje, até, ao menos, a próxima terça-feira, dia 9 de fevereiro.


Com este padrão de chuvas intensas em áreas localizadas e chuvas persistentes com altos acumulados, as condições para riscos geo-hidrológicos são trazidas abaixo, conforme análise CEMADEN:


Veja documentos de alerta:


Redação Jornal Carangola


Komentarze


O Jornal Carangola não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens.
O Jornal Carangola se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas.
As opiniões são de responsabilidade exclusivamente de seus autores.

49.png

Parceiros

exame.png
sicredi 2.gif
2.png
mauricio padilha.png
FOTO PERFIL.png
projetilar.png
LOGOS AYA 2.png
437755017_956548816474171_2121639489067002229_n.jpg
PURO SABOR FOTO PERFIL.png
438198013_958102139652172_1147900987193066066_n (1).jpg
sinergiasolar1_1699029985861.jpeg
WhatsApp Image 2024-04-19 at 16.04.49 (1).jpeg
sicredibotucarai_1705112184178.jpeg
FOTO-PERFIL.png
jornalcarangola_1705119737294.jpeg
PERFIL.png
bottom of page