Buscar
  • Jornal Carangola

Fiocruz: antibióticos triplicaram superbactérias durante a pandemia

A Fiocruz divulgou no final de novembro um estudo que mostra que o uso desmedido de antibióticos triplicou a detecção de superbactérias durante a pandemia causada pela Covid-19.

Superbactérias são as bactérias que adquirem resistência aos medicamentos e reduzem a eficácia de tratamentos médicos. No caso da Covid-19, por exemplo, os antibióticos são usados quando há suspeita de infecção bacteriana junto à infecção viral causada pelo coronavírus.


As superbactérias reduzem as opções de tratamento, o que pode fazer com que o paciente sequer consiga ser medicado. Por isso, o uso indevido de antibióticos é combatido pelas autoridades médicas e sanitárias.


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) reforçou em agosto que os antibióticos não são indicados ao tratamento de rotina à Covid-19.


Segundo a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), braço da Organização Mundial da Saúde (OMS), entre 90% e 100% dos pacientes hospitalizados pelo coronavírus receberam tratamentos com antibióticos, embora apenas 7% tenham tido uma infecção bacteriana.


Redação


O Jornal Carangola não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens.
O Jornal Carangola se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas.
As opiniões são de responsabilidade exclusivamente de seus autores.

FOTO-PERFIL.png
ORÇAMENTO.png

Parceiros

exame.png
mobile-1.png
açougue-fava.png
campestre-branco.png
mauricio padilha.png
FORNO-&CIA.png
projetilar.png
michelle.png
jornal-carangola.png