Buscar
  • Jornal Carangola

Galo x Cruzeiro: TV aguarda clubes, mas quer final do Mineiro na quarta

FMF espera definição da TV Globo, que aguarda posicionamento dos rivais finalistas sobre predileção de datas. Sábado, dia 20, é outra opção


Atlético e Cruzeiro estão, oficialmente, na final do Campeonato Mineiro 2019. E uma situação antes hipotética, se confirmou: o jogo de volta do torneio, decisivo, não poderá ser no domingo, 21/4. Isso porque os dois clubes jogam na terça posterio, 23, pela Libertadores. A Conmebol foi rígida, e agora a maior possibilidade é que o jogo que definirá o campeão estadual seja na quarta-feira, 17 de abril.

A decisão deverá acontecer ainda nesta segunda-feira. Tudo depende de três pilares: a TV Globo, o Atlético e o Cruzeiro. Detentora dos direitos de transmissão do Mineiro, a emissora já deixou claro para as partes envolvidas que quer mandar a partida na quarta, em dia nobre, ao contrário do sábado. Para a diretoria de competições da FMF, as duas datas são bem quistas. Agora, é colocar Galo e Raposa frente à frente para definir.


"A TV Globo quer que a partida seja na quarta-feira. Depende então de um posicionamento dos dois clubes envolvidos. Não há um parecer oficial dos clubes para a Federação, no que diz respeito a desejo de datas. Queríamos acertar isso já no domingo. Mas deve ser definido o mais rápido possível", afirmou ao Super FC, Leonardo Barbosa, diretor de competições da FMF.


O que está escrito já é que o primeiro jogo da final, com mando do Cruzeiro, seria no próximo domingo, dia 14 de abril, às 16h, no Estádio Mineirão, mesmo palco da partida de volta, muito provavelmente, na quarta.


A Conmebol não aceitou adiar os jogos da dupla rival de terça para quarta na Libertadores. O Galo recebe o Nacional em casa no dia 23, às 21h30, enquanto o Cruzeiro viaja pra Venezuela e visita o Deportivo Lara no mesmo dia e horário. Por questão de intervalo de descando, o segundo clássico da final não poderia ser feito no domingo (21), pouco mais de 48 horas antes dos compromissos internacionais.

O Jornal Carangola não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens.
O Jornal Carangola se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas.
As opiniões são de responsabilidade exclusivamente de seus autores.

FOTO-PERFIL.png
ORÇAMENTO.png

Parceiros

exame.png
mobile-1.png
açougue-fava.png
campestre-branco.png
mauricio padilha.png
FORNO-&CIA.png
projetilar.png
michelle.png
jornal-carangola.png