top of page
  • Foto do escritorJornal Carangola

Ouvidoria-Geral do Estado e Polícia Civil lançam campanha de conscientização contra o assédio sexual

Resolução conjunta instituiu a política de prevenção e combate ao assédio sexual.


A Polícia Civil de Minas Gerais em parceria com a Ouvidoria-Geral do Estado (OGE/MG) apresentou, nesta terça-feira (1/6), a Campanha de Prevenção e Combate ao Assédio Sexual na PCMG. A ação está alinhada à Política de Prevenção e Combate ao Assédio Sexual definida por meio da resolução 8.169/2021 assinada pelos dois órgãos.

Com a presença do chefe da PCMG, delegado-geral Joaquim Francisco Neto e Silva, da chefe adjunta da instituição, delegada-geral Irene Angélica Franco e Silva Leroy, e da ouvidora-geral do Estado, Simone Deoud, foi lançada a Cartilha de Conscientização Contra o Assédio Sexual na Polícia Civil de Minas Gerais. O material é uma das ações adotadas no contexto da prevenção e do combate a esse tipo de prática no ambiente de trabalho.


O material foi desenvolvido pela Diretoria de Recursos Humanos da PCMG e pelo Departamento de Investigação, Orientação e Proteção à Família com apoio da Assessoria de Comunicação da PCMG e está disponível no site da Polícia Civil.

Já a Ouvidoria-Geral do Estado criou neste governo o canal exclusivo para as denúncias de assédio moral e sexual, que podem ser feitas no endereço eletrônico http://www.ouvidoriageral.mg.gov.br/ouvidorias-especializadas/assedio-moral


A chefe adjunta da PCMG falou sobre o papel do acolhimento da instituição e da criação da Comissão de Prevenção e Combate ao Assédio Sexual. Irene Angélica reforçou o objetivo da campanha como sendo o de prevenir, acolher e notificar, fazendo um convite a todos: “Conheçam a nossa cartilha e debatam sobre o tema nas unidades. Queremos trabalhar em um lugar digno, saudável e seguro para todas e todos".


A Ouvidora-Geral do Estado, Simone Deoud, destacou a importância da ação. “É uma satisfação estar nesse evento que brinda a assinatura da resolução conjunta entre a Ouvidoria-Geral do Estado e a Polícia Civil. É um tema importante e o intuito dessa resolução é a conscientização, prevenção e o combate ao assédio sexual, não só na Polícia Civil como em todos os órgãos de forma geral. Contem com a Ouvidoria-Geral do no combate dessa prática absolutamente reprovável”, destacou.

O chefe da PCMG completou abordando os pilares da campanha: a garantia da segurança pública, a promoção dos direitos e o fortalecimento da democracia. Joaquim Francisco ainda destacou o empenho de todos os servidores envolvidos no propósito de garantir a cidadania e os direitos constitucionais.

“A Polícia Civil vem trabalhando incessantemente para que a vítima possa denunciar. Dessa forma, reforçamos a divulgação dos canais de denúncia", finalizou.

A corregedora-geral da PCMG, Ana Paula da Silva y Fernandez, observou a importância da atuação da Corregedoria na campanha. "Vamos atuar com o Defam e demais unidades na prevenção e no combate ao assédio dentro da PCMG, com a instauração de procedimentos administrativos cabíveis diante de todas as notícias de desvios dessa natureza", esclareceu.

Também estiveram presente no evento a Ouvidora-Geral Adjunta, Gabriela Siqueira, a Ouvidora de Assédio Moral e Sexual, Luciene Soares, a superintendente de Investigação e Polícia Judiciária, delegado-geral Marcio Simões Nabak, a Chefe de Gabinete, delegada-geral Águeda Bueno Nascimento Homem, a Corregedora Geral, delegada- geral Ana Paula da Silva y Fernandez, o Superintendente de Polícia Técnico Científica, Thales Bittencourt de Barcelos, o Inspetor Geral de Investigadores, Breno Coelho Nepomuceno, a Inspetora Geral de Escrivães, Luciene Cardoso Murta Vilela a coordenadora de planejamento, gestão e finanças, delegada Valéria Decat de Moura Resende, a chefe do Departamento Estadual de Investigação, Orientação e Proteção à Família (Defam), Delegada-Geral Carolina Bechelany Batista da Silva, a chefe da Divisão Especializada em Atendimento à Mulher, ao Idoso e a Pessoa com Deficiência e Vítimas de Intolerância (Demid), delegada Isabella Franca Oliveira, assessora da chefia de gabinete, delegada Paloma Bosom Kairala, a Secretária Executiva de Segurança Pública, Tatiana Telles e a titular da Diretoria de Recursos Humanos, investigadora Kelly Regina de Souza Garcia.

Comentarios


O Jornal Carangola não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens.
O Jornal Carangola se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas.
As opiniões são de responsabilidade exclusivamente de seus autores.

49.png

Parceiros

exame.png
sicredi 2.gif
2.png
mauricio padilha.png
FOTO PERFIL.png
projetilar.png
LOGOS AYA 2.png
437755017_956548816474171_2121639489067002229_n.jpg
PURO SABOR FOTO PERFIL.png
438198013_958102139652172_1147900987193066066_n (1).jpg
sinergiasolar1_1699029985861.jpeg
WhatsApp Image 2024-04-19 at 16.04.49 (1).jpeg
sicredibotucarai_1705112184178.jpeg
FOTO-PERFIL.png
jornalcarangola_1705119737294.jpeg
PERFIL.png
bottom of page