• Jornal Carangola

Prefeitura de Carangola intensifica combate contra o Aedes Aegypti e pede colaboração dos moradores

O Brasil e o mundo vivem um momento que impõe desafios para todos. Com a pandemia de coronavírus, medidas de restrição e isolamento social estão sendo adotadas. Contudo, além da preocupação com a Covid-19, A Prefeitura Municipal de Carangola, através da Secretaria Municipal de Saúde, lembra que população deve ficar atenta a uma outra ameaça, o Aedes Aegypti responsável pela transmissão de doenças como dengue, zika vírus e chikungunya. Neste período de reclusão social, em que muitas pessoas estão em casa, é fundamental aproveitar o tempo para impedir a proliferação do mosquito, afinal assim como em relação ao Covid-19, a prevenção é a melhor arma e o que são 10 minutos em sua semana?!

Em oportunidade, a Vigilância em Saúde Ambiental, vem por meio deste esclarecer e explanar alguns registros das atividades realizadas dentro dessas últimas semanas, Trabalho, que já vem sendo realizado a meses conforme registrado em nosso canal e cientes das demais dificuldades perante à pandemia, onde além dos cuidados direcionados a população, estão sendo tomados também relacionados à proteção dos nossos Agentes, com utilização de máscaras, luvas, álcool gel, e também adotando novas medidas de conduta para maior proteção dos mesmos e de toda a população!

O trabalho desempenhando pelos nossos agentes é de extrema importância para toda a população. Principalmente se tratando de momentos como esses de isolamento social. Por isso pedimos encarecidamente que recebam nossos agentes em suas casas, devidamente uniformizados e identificados, de forma consciente, para que se mantenha a proteção, que somente assim teremos condições de desempenhar com eficácia e segurança todos nossos objetivos quanto à saúde da população, seguindo as orientações especificas para cada domicílio.

Luiz Fernando Fonseca Ribeiro, Secretário de Saúde lembra que a maior parte dos criadouros do Aedes aegypti encontram-se no ambiente domiciliar, por isso, é imprescindível que neste período de isolamento social sejam intensificados os cuidados para combater a proliferação do mosquito e, assim, evitar mais uma doença.

“O Aedes aegypti não escolhe um criadouro específico. Basta um pouco de água em qualquer recipiente para que ele deposite seus ovos. No entanto, ações simples e rápidas podem ajudar no combate ao mosquito. É importante não deixar água parada e verificar locais óbvios, como calhas, caixa d’água, vasos de plantas e pneus, por exemplo. Também é fundamental fazer uma varredura em ralos e vasos sanitários, espaços por vezes esquecidos.” Finaliza Luiz Fernando.

A vigilância Ambiental, ressalva! Não estamos com surto de dengue no município, estamos passando por um período pós chuvas com casas abandonadas por desastres naturais que ocorreram nos últimos meses ocasionando infestações. Casos foram registrados e que já foram solucionados dentro de prazo esperado, para que não haja agravamento, trabalho esse realizado em parceria com a Secretaria de Meio Ambiente e Defesa Civil.

Uma semana tem mais de dez mil minutos. Que tal usar apenas 10 para se proteger da dengue? Ajude-nos e aproveite a quarentena para proteger sua casa do Aedes aegypti. O que são 10 minutos em sua semana?



Veja mais registros dessa ação Clicando aqui Fonte: Assessoria de Imprensa | Prefeitura Municipal de Carangola

O Jornal Carangola não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens.
O Jornal Carangola se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas.
As opiniões são de responsabilidade exclusivamente de seus autores.

FOTO-PERFIL.png
ORÇAMENTO.png

Parceiros

exame.png
perfil.png
açougue-fava.png
mauricio padilha.png
FORNO-&CIA.png
projetilar.png
michelle.png
jornal-carangola.png
PURO SABOR FOTO PERFIL.png
0.png
WhatsApp Image 2022-09-26 at 14.05.32.jpeg
dna_estrategico.png
WhatsApp Image 2022-09-26 at 14.05.32 (2).jpeg