• Jornal Carangola

Prefeitura de Carangola lembra população que a dengue é uma ameaça real mesmo em meio a pandemia


Aproveite a quarentena para proteger sua casa do Aedes aegypti

O Brasil e o mundo vivem um momento que impõe desafios para todos. Com a pandemia de coronavírus, medidas de restrição e isolamento social estão sendo adotadas. Em Carangola não é diferente. Contudo, além da preocupação com a Covid-19, a população carangolense deve ficar atenta a uma outra ameaça: as arboviroses. Neste período de reclusão, em que muitas pessoas estão em casa, é fundamental aproveitar o tempo para impedir a proliferação do mosquito Aedes aegypti, responsável pela transmissão de doenças como Dengue, Zika vírus e Chikungunya.

O coordenador de Endemias da Secretaria Municipal de Saúde, Clayton Oliveira, lembra que os lares são o ambiente mais propício para a proliferação do mosquito. “O Aedes aegypti é extremamente urbano. 90% de seus criadouros encontram-se no ambiente domiciliar. Por isso, é imprescindível que neste período de isolamento social sejam intensificados os cuidados para combater a proliferação do vetor e, assim, evitar novos casos da doença”, explica.

PREVENÇÃO


“O Aedes aegypti não escolhe um criadouro específico. Basta um pouco de água em qualquer recipiente para que ele deposite seus ovos. No entanto, ações simples e rápidas podem ajudar no combate ao mosquito. É importante não deixar água parada e verificar locais óbvios, como calhas, caixa d’água, vasos de plantas e pneus, por exemplo. Também é fundamental fazer uma varredura em ralos e vasos sanitários, espaços por vezes esquecidos. Normalmente o quintal é o local com maior número de potenciais criadouros para o vetor, mas temos que lembrar que os apartamentos também oferecem inúmeras condições para o Aedes aegypti se proliferar. Então é preciso ficar de olho”, ressalta Luiz Fernando Fonseca Ribeiro, Secretário de Saúde.

CUIDADOS COM A DENGUE

Cada pessoa é responsável e precisa semanalmente fazer vistorias no seu imóvel para evitar focos do mosquito. Durante o período chuvoso, aumenta a formação de criadouros do Aedes aegypti fora e dentro de casa. Baldes, potes, quartinhas, bacias, tambores e outros recipientes que armazenam a água potável ou para uso doméstico devem ser limpos e vedados corretamente. Outro lembrete é evitar que a água de chuva fique acumula sobre lajes e calhas. Por isso, recomenda-se guardar garrafas sempre de cabeça para baixo, encher até a borda os pratinhos dos vasos de plantas e eliminar adequadamente o lixo que possa armazenar água, como pneus velhos, latas, recipientes plásticos, tampas de garrafas e copos descartáveis. Por: Prefeitura Municipal de Carangola

O Jornal Carangola não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens.
O Jornal Carangola se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas.
As opiniões são de responsabilidade exclusivamente de seus autores.

FOTO-PERFIL.png
ORÇAMENTO.png

Parceiros

exame.png
perfil.png
açougue-fava.png
mauricio padilha.png
FORNO-&CIA.png
projetilar.png
michelle.png
jornal-carangola.png
PURO SABOR FOTO PERFIL.png
0.png
WhatsApp Image 2022-09-26 at 14.05.32.jpeg
dna_estrategico.png
WhatsApp Image 2022-09-26 at 14.05.32 (2).jpeg