Buscar
  • Jornal Carangola

CARANGOLA: Novo secretário de Saúde assumiu nessa segunda-feira (3)

A partir desta Segunda (3), o Farmacêutico, Ralph Anchieta assume a pasta da Secretaria de Saúde de Carangola.

Farmacêutico e morador de Carangola, Ralph Anchieta, Filho de José Carlos Machado e Maria Madalena de Oliveira machado, nascido em Carangola em 18 de janeiro de 1985, 36 anos, criado no bairro coroado, estudou na rede pública e começou a trabalhar pela extinta Guarda Mirim de Carangola na Farmácia do Clerinho. Estudou farmácia em Itaperuna - RJ e saiu de lá formado para farmacêutico, casado a 8 anos com Angla Teixeira flores, pai de Loren Flores Machado, passou no concurso de 2014, ingressou ou como contratado e final de 2016 foi efetivado, em 2017 se tornou o responsável pelo Laboratório da Policlínica Municipal onde desempenha sua função até o momento.


Apesar de jovem, o novo gestor da Saúde Carangolense revela vários projetos, entre eles investir ainda mais na modernização e no primeiro atendimento ao munícipe. Ele destaca que esta será a sua maior missão de vida até aqui.

“As pessoas são movidas por desafios e assumir a Saúde nesse momento delicado de pandemia é um grande desafio. Quero agradecer ao prefeito, Silas Vieira, pela oportunidade e confiança em mim depositadas. Tenho plena consciência do quanto o cargo é importante. Sei dos desafios que tenho pela frente e digo: estou pronto para enfrentá-los. Farei de tudo que estiver ao meu alcance para que toda a população Carangolense tenha uma qualidade de vida melhor”, resume o novo gestor da pasta.

Em curto prazo, Ralph mira na transparência e celeridade na vacinação da população contra o Coronavírus; no atendimento integral de pessoas com sintomas da Covid-19; e na continuidade e aprimoramento dos atendimentos na atenção primária.


“Para aceitar essa missão, não basta apenas querer ocupar o cargo, você precisa acreditar, trabalhar, dedicar-se e exercer com seriedade o que foi assumido. É uma oportunidade que tenho de servir ao município que tanto amo neste momento tão difícil. Minha expectativa frente a uma secretaria tão importante, principalmente neste momento epidêmico, é realizar o melhor trabalho possível para a população, principalmente em meio a esta doença que o mundo precisou lidar. Estarei integralmente me dedicando para prestar um serviço de qualidade aos cidadãos Carangolenses”, prospecta.

Ralph explicou que está pronto para assumir a Secretaria em um momento bastante difícil para todo o mundo devido à pandemia, mas acredita ser possível desenvolver um bom trabalho junto ao time da Saúde na Prefeitura.

Há um dia no cargo, alguns avanços já começam a aparecer na gestão do novo secretário Ralph Anchieta. Inclusive, já no primeiro dia frente a pasta da saúde informações como o cronograma de vacina da semana já foi divulgado na rede oficial da Prefeitura. Datas e idade:

63 anos - 04/05 - Terça-feira

62 anos - 06/05 - Quinta-feira

61 anos - 07/05 - Sexta-feira

60 anos - 10/05 - Segunda- Feira

Horário: 8h às 16h;

Locais: Setor de Fisioterapia da Policlínica Municipal de Saúde

Documentos necessários: CPF, Identidade, Cartão de Vacina.

Importante destacar que é obrigatório o uso de máscara e distanciamento social.


O Secretário informa que há muitos projetos a serem executados, mas serão externados somente nos próximos dias.

“Conto com o apoio e a compreensão de todos, para que possamos fazer um excelente trabalho”, Finaliza.

Câmara de Vereadores


Na manhã da última terça-feira (04) os vereadores Sandro do Táxi, Candinho e Joel Maia estiveram pessoalmente externando votos de sucesso no desempenho de suas funções em frente a pasta. Uma breve conversa e muitas sugestões para aprimorar os serviços oferecidos. Procurados, os vereadores de forma unânime disseram a nossa redação que veem a decisão da gestão com bons olhos e bastante positiva, pois a experiência do novo secretário tanto como servidor público efetivo da saúde, como farmacêutico vão ser fundamentais para atender as demandas e expectativas do povo carangolense.

Na opinião do Vereador Carlos Candinho, “O principal desafio nesse momento, uma vez que a vacina ainda é a principal saída que a gente tem, é uniformizar as ações no âmbito do município. A gente tem que cumprir um papel fundamental, que é acompanhar as ações da secretaria municipal de Saúde, alinhar com o prefeito, demais membros dos poderes e sociedade, e alinhar ideias para se ter a maior uniformidade de ações possíveis aqui no município de Carangola, mas tudo isso com transparência e responsabilidade que o povo merece. Passar para a população uma conduta única, obviamente, respeitando as diferenças e protocolos. A população tem que sentir segurança no que o poder público define, o que as autoridades sanitárias orientam”. Comenta.

“Junto aos colegas vereadores, venho cumprimentar e desejar as boas-vindas ao novo secretário. Depositamos nossa confiança nele que assume uma pasta tão importante nesse momento de pandemia e restrições. Teremos sim muitos embates, porém com a união, superaremos os obstáculos que aparecerem. Desejamos muito equilíbrio, garra, determinação, além da busca constante por resultados e alcance de metas. Por último, peço encarecidamente que sempre considere o lado humano em suas ações, além da honestidade e transparência com a nossa máquina pública”, nos disse o Vereador Sandro do Táxi.

“A expectativa é muito grande pela chegada do novo secretário, que, com certeza, veio para fazer a diferença. Que ele trabalhe sempre em busca do melhor acolhimento e atendimento daqueles que busca o atendimento em nossa rede pública de saúde. Entendemos e respeitamos as limitações, o espaço de cada setor e cada pasta, mas sempre estaremos a disposição e alinhados com as necessidades e expectativa da população. Mas é imprescindível que as coisas sejam conduzidas de maneira mais transparente e com seriedade”. Explana o Vereador Joel Maia.

“Trágica Herança” São 120 dias de caos na saúde

Como já é de conhecimento de todos, desde janeiro quando o Prefeito eleito divulgou o nome de seu secretariado, buscamos informações sobre a saúde. Entre as principais questões abordadas e denúncias recebidas por nossa redação, sempre estiveram como destaque a vacinação, falta de medicamento, falta de médicos e exames, e as composições da Câmara Técnica e do Comitê de Enfrentamento do Covid-19, que de forma relutante a gestão e principalmente a secretaria de saúde, sob representação do Ex-Secretário de Saúde Helerson Toledo Lima se recusaram a nos repassar. FALTA TUDO! Falta de medicamentos básicos como Dipirona e Omeprazol, medicamentos controlados como Clonazepam e Sertralina foram confirmados por nossa equipe. Acompanhados pela falta de exames e consultas com especialistas. Também foi registrado a atual falta de médico em unidade da atenção primária.


Diante o silêncio assustador da Secretaria de Saúde em esclarecer os diversos casos de supostos “FURA FILA” e conflitos de transparência na vacinação do covid-19, foi necessário que fizéssemos diversas denúncias aos orgãos competentes e fiscalizadores para que fosse apurado e providências fossem tomadas. A relatos de diversas pessoas que não fazem parte do grupo de prioridade que tomaram a vacina. Inclusive servidores públicos. (Relembre clicando aqui) Por diversas vezes solicitamos informações sobre quais ações de enfretamento à pandemia, a Prefeitura e Secretaria de Saúde estaria tomando e nada foi apresentado até a presente data como se a Prefeitura não fosse um órgão público, mas sim um setor privado. Cobramos resposta sobre o oficio Nº 015/2021 da Câmara de Vereadores do dia 30 de março, onde os vereadores Sanderson Ribeiro (Sandro do Táxi) e Candinho, que estiveram em reunião pessoalmente com o ex-secretário de Saúde de Carangola Helerson Toledo Lima, onde solicitaram para que fosse incluído nas medidas de enfrentamento ao Covid-19 da prefeitura de Carangola, o serviço de Higienização e Desinfecção dos prédios e espaços públicos como também todas áreas consideradas de grandes aglomerações como também a implementação de barreiras sanitárias e blitz educativas tanto no trânsito como no comércio. Mais uma vez a voz do povo foi ignorada. (Relembre clicando aqui)

Criamos então o ESPAÇO FALA CIDADÃO onde o objetivo era dar voz ao povo, e buscar esclarecimentos para as dúvidas e posicionamento do poder público sobre as questões de bem comum e de acesso a sociedade carangolense através do WhatsApp para contato é 32 99813-8289 ou fale direto clicando aqui . Foi aí que choveram reclamações e denúncias sobre diversos aspectos, não apenas da saúde como também outras secretarias e vacina. Até hoje nada se sabe sobre a citada composição da Câmara Técnica da Secretaria Municipal de Saúde e do Comitê Municipal de Enfrentamento ao COVID-19 da Prefeitura. Essa informação incansavelmente solicitada por nossa equipe do Jornal Carangola vem desde janeiro, quando a nova gestão assumiu o controle da pandemia é de uma avalia imensurável pois é dessa forma, que os cidadãos, tem acesso a transparência e sabem quem são os responsáveis pelas decisões e medidas que são tomadas e quais orientações e critérios são utilizados para formulação dos decretos e ações que influenciam diretamente na vida de todos cidadãos carangolenses.

Ainda lembramos sobre o fechamento do Ponto de apoio (PSF Santa Maria) onde funcionava a farmácia do bairro Santa Maria, prédio esse construído pela comunidade e prometido em campanha que não seria fechado. O ex-secretário de saúde Helerson Toledo Lima, que passou a ocupar o cargo de Secretário Municipal de Gestão Pública e de Governo e a assessoria do prefeito não quis se pronunciar.

Outra situação absurda que foi tema abordado por nossa equipe e denunciado por próprios servidores é em relação a quais procedimentos foram aplicados aos trabalhadores e voluntários que trabalharam nas ações durante e pós enchente, como por exemplo quais medicamentos de prevenção a doenças causadas pelas águas e poeiras tóxicas, bem como de pele e respiratórias foram utilizados, quais exames foram feitos. E agora? A saúde dessas pessoas, tanto servidores quando voluntários que trabalharam nessas ações estão com a integridade física em risco? Lembrando ainda que enquanto a publicidade pessoal da Secretária de Meio Ambiente, expõe festas de aglomerações e trabalhos utilizando de caminhão pipa para "irrigar" plantas e jardins, os moradores de Lacerdina até hoje aguardam a lavagem, limpeza e higienização das áreas atingidas, como também a aplicação das medidas de saúde para prevenção de doenças causadas pelas cheias. Casos de Leptospirose foram registrados no distrito e atribuídos a poeira e lama tóxica que ficou sem seus devidos cuidados de limpeza e desinfecção.

Nota da Redação:


Em um cenário tão caótico, vemos a chegada do novo secretário como uma luz no fundo do túnel. A princípio tivemos contato com o Secretário Ralph Anchieta, no qual prontamente nos recebeu e de maneira cordial nos disse que estaria sempre a disposição de nossa equipe, e que iria sim averiguar nossas reclamações e denúncias.


Agradecemos pela forma que nos atendeu, expressamos os melhores votos de sucesso cada vez maior e que o povo carangolense seja prioridade nesse novo desafio. Nos colocamos a disposição.



Por Redação Jornal Carangola

O Jornal Carangola não se responsabiliza por qualquer comentário expresso no site ou através de qualquer outro meio, produzido através de redes sociais ou mensagens.
O Jornal Carangola se reserva o direito de eliminar os comentários que considere inadequados ou ofensivos, provenientes de fontes distintas.
As opiniões são de responsabilidade exclusivamente de seus autores.

FOTO-PERFIL.png
ORÇAMENTO.png

Parceiros

exame.png
mobile-1.png
açougue-fava.png
campestre-branco.png
mauricio padilha.png
FORNO-&CIA.png
projetilar.png
michelle.png
jornal-carangola.png