Conheça um pouco do Novo Jornal Carangola. Uma nova identidade desenvolvida com a mesma seriedade em levar informação com ética, transparência e respeito aos nossos leitores.

Primeiro de Maio 2006 chegava a este município o Jornal Carangola. Como todo novo “habitante” o JC seu principal objetivo era conhecer e identificar a cidade, seus costumes, os principais setores que contribuem para seu desenvolvimento, enfim, tomar pé da situação. E como quem chega, a ideia foi desenvolver uma linha editorial mais voltada para o estilo revista; afinal, um semanário não tem a característica factual, que às vezes coincide, principalmente quando a editoria está antenada.

Carangola revela-se uma cidade bem dotada por talentos da Terra e com algumas características que a tornam culturalmente fértil. O início do Jornal Carangola caminhou assim, com uma atenção maior a esse aspecto: um jornal de leitura, como se costuma definir um Semanário. E a princípio deu certo. Houve interesse e busca para o registro de fatos & fotos socioculturais. Uma maneira simpática de granjear simpatia e, sobretudo, credibilidade.

E o Jornal Carangola vingou. Mesmo diante de muitos imprevistos e situações conflitantes, hoje chega à mais um ano de vida com a aprovação dos carangolenses. Mas, como já foi escrito, a editoria se mantém ligada e graças à confiança de leitores e representantes de todos os Poderes, ficou evidente a necessidade de passar de leitura educativa a investigação constante assim, as ocorrências policiais não escapam ao feeling. Porém, manteve-se a proposta inicial: informar de acordo com a verdade; mostrar a realidade sem se esquecer de uma das principais características de um comunicador (a): somos formadores de opinião, o que não nos permite a distorção, a informação unilateral, ou paralela, mas apenas o compromisso com a verdade.

Longe de tudo isso e com a responsabilidade ampliada, diante da credibilidade que nos fez chegar ao seu primeiro ano na cidade de atividades as vezes interrompidas por forças maiores, sempre trabalhou de forma extensiva a municípios da região, o Jornal Carangola também não se furta à modernidade, às exigências de um mercado que está cada vez mais imediatista, graças à web comunicação, que hoje ganha proporções cada vez maiores e não substitui, mas precisa completar qualquer mídia. Aconteceu, virou notícia. E assim será.

Além da fanpage, que já antecipa assuntos, sempre melhor focalizados, se programa para uma edição impressa, mas tem como foco nossa estrutura online, hoje Regional e com seu site próprio, onde o leitor ganha uma nova opção de conhecer nossas publicações, ao mesmo tempo em que pode ser o primeiro, a saber, sobre tudo que ocorre nesta simpática cidade. Basta acessar, informar-se e, para completar a leitura, aguardar que muito em breve, as edições impressas do jornal que vão chegar para ficar com a anuência do carangolense!

Carangola - Minas Gerais

Carangola é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Na economia, destacam-se o café, o leite, a pecuária, a indústria de laticínios e alimentos, a construção civil e a prestação de serviços. Conhecida como "Princesa da Mata", "Rainha do Vale" e "Cidade Universitária", Carangola está localizada estrategicamente entre os estados de Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro.

Considerada a terceira maior cidade universitária da Zona da Mata, Carangola possui importantes instituições de ensino superior públicas e privadas, e ainda instituições profissionalizantes. Como principal pólo econômico de prestação de serviços da microrregião, a cidade possui hospitais, clínicas e centros médicos, hotéis, pousadas, repúblicas, jornais e revistas, sites de notícias, emissoras de rádio e TV.

O centro comercial de Carangola conta com diversas lojas, escritórios, agências bancárias, redes de eletrodomésticos, supermercados, academias, livrarias, cinema e shopping. O Calçadão da Rua Pedro de Oliveira, inaugurado em 2012 trouxe muito mais conforto e segurança aos milhares de visitantes/dia que circulam pelo maior centro da região.

Importantes rodovias interligam o município aos demais centros urbanos tais como BR-040, BR-116, BR-262, BR-101, BR-482, MG-111 e MG-265.

7 de janeiro de 1882

jornal-carangola.png
983833_282039548599873_1234301840_n.jpg
375678_282034451933716_2008547669_n.jpg
397380_282038855266609_390080173_n (1).j

Fotos internet

Política e Privacidade

​O JornalCarangola está comprometido com os mais rigorosos padrões de segurança e de proteção à privacidade dos visitantes de seu site. Esta Política de Privacidade tem como compromisso proteger os dados cadastrais dos usuários e visitantes cadastrados no site do "JC". Todas as informações do cadastro serão de uso exclusivo do Jornal Carangola , sendo incorporadas ao banco de dados da instituição.

 

Ao se cadastrar, o usuário aceita os termos desta Política de Privacidade e as condições de uso do site, tanto por meio da internet como por outras mídias.

 

Informações coletadas automaticamente

 

Durante o acesso ao site do Jornal Carangola são enviados aos computadores dos usuários arquivos conhecidos como cookies. Essa é uma prática comum na Internet. No Jornal Carangola, esses arquivos são utilizados apenas para fins estatísticos (aferição de tráfego e de comportamento da audiência no site) e nunca serão utilizados para identificar um usuário em específico ou para qualquer outra ação que invada o seu anonimato usuário.

 

Informações cedidas espontaneamente

 

A entrada de dados pessoais do usuário no site do Jornal Carangola e a aceitação de cookies de navegação não constituem requisito para navegar pelo site, sendo facultativas. O usuário que decidir fornecer seus dados pessoais declara conhecer e aceitar os termos desta Política.

 

As seções Fale Conosco, Trabalhe Conosco e Sala de Imprensa, além de algumas seções do menu de Serviços ao Usuário, que estão sendo desenvolvidas possuem formulários de contato em que os usuários enviam dados (nome,  telefone, email, etc.) para entrar em contato com o "Jornal Carangola", solicitar informações específicas ou assinar serviço de boletim informativo. Esses dados serão utilizados apenas para a comunicação do Jornal Carangola com os visitantes e não são repassados a terceiros. Os assinantes de boletins informativos podem cancelar o recebimento dessas informações a qualquer momento.

 

O usuário será o único responsável pela confidencialidade e adequada utilização de seu login e senha dos usuários PREMIUM, criados no momento do cadastro, assim como pela veracidade e exatidão dos dados informados. O Jornal Carangola não assume nenhuma responsabilidade em caso de inexatidão dos dados pessoais introduzidos pelo usuário neste site. Todos os dados pessoais coletados serão incorporados ao banco de dados do Jornal Carangola.

 

Nenhuma informação fornecida será transferida a terceiros ou divulgada sem a prévia autorização do usuário, exceto em caso de determinação legal ou por ordem judicial.

 

Segurança da informação

 

O Jornal Carangola se esforça para aprimorar constantemente os padrões de segurança de seu site, mas exime-se de responsabilidade decorrente de perda de dados em caso de incidentes cujo controle fuja de nosso alcance.

 

Tráfego de informações

 

As informações coletadas pelo "JC" trafegam e são armazenadas de forma segura, com o uso de criptografia. O "JC" oferece links para páginas de terceiros na internet, mas não se responsabiliza pela política de privacidade desses sites. Também o Jornal Carangola poderá modificar esta Política de Privacidade a qualquer tempo. As alterações estarão sempre presentes neste espaço, de modo que os usuários tenham conhecimento a qualquer momento. Se você tem perguntas ou sugestões acerca da Política de Privacidade do Jornal Carangola, por favor, utilize o "Fale Conosco".​​​